Traumatologia Desportiva

Afinal o que é a traumatologia desportiva e em que se diferencia da abordagem da Fisioterapia convencional?

A traumatologia implica uma intervenção imediata, pós-lesão desportiva, nos primeiros minutos, horas ou dias, consoante o contexto ou a lesão.

Baseia-se na intervenção da Fisioterapia com complementaridade com a Ortopedia e a Radiologia. O objetivo passa por diagnosticar e tratar lesões do sistema músculo-esquelético decorrentes do exercício físico ou prática desportiva.

A intervenção da Fisioterapia em lesões traumáticas, como entorses, contusões ou roturas musculares, é de extrema importância, já que a não-resolução destas lesões pode originar alterações posturais estáticas e dinâmicas e sintomas noutras partes do corpo mais distantes

Profissional osteopata experiente a verificar o pé de um paciente. Bata branca e logotipo da Fisioin. Obrigado pela sua mensagem.

O exemplo clássico são as entorses do pé. É um lesão muito frequentes em atletas e não só. A falta de intervenção pode, com muita frequência, levar a compromisso da coluna e ao aparecimento de lombalgias ou hérnias discais por alteração do apoio de um pé em relação ao outro. Sabia?

Assim, de forma a perturbar o menos possível o rendimento desportivo, as lesões traumáticas devem ser intervencionadas o mais rapidamente possível. As vantagens são a recuperação mais rápida e o reequilíbrio corporal de outras estruturas que possam estar envolvidas.

Atualmente ainda existem muitos mitos e crenças de que algumas lesões traumáticas não podem ser tratadas em fase aguda.

A menos que exista suspeita de fratura ou alguma lesão de carácter médico ou cirúrgico, na maior parte dos casos podemos intervir. Caso existam dúvidas vamos sempre encaminhar para o médico ou hospital, para avaliação e realização de exames complementares

Não “deixe andar”! Estamos aqui para ajudar!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *